Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Estrelas

O principe e a princesa que vieram iluminar a nossa vida

As Nossas Estrelas

O principe e a princesa que vieram iluminar a nossa vida

27
Mar08

A nossa Páscoa...

A Nossa Estrela

...passou-se!

 

Como vem sendo habitual desde que o Príncipe nasceu, fomos passá-la à terra do Padrinho do meu filhote, lá ainda existe a tradição de se "beijar a cruz". Foram três dias bem passados apesar do frio que estava, o que valeu é que a casa é muito quentinha. No Domingo foi então dia da "cerimónia" e lá nos colocamos todos em "pose", o Príncipe andava todo contente. A "comitiva" lá chegou e o Padre deu-nos a "cruz" a beijar, o Príncipe correctamente perfilado e sossegado lá deu um beijinho e continuou muito compenetrado a ouvir o que o Padre dizia. Mas no meio disto tudo acabei por baralhar o meu filhote, sabem porquê? Porque passei a manhã toda a dizer-lhe que ele ia beijar o Jesus e quando o Padre chegou, que por acaso tinha barbas, ele pensou que aquele era o Jesus e deu a carita para beijá-lo, mas o Padre não reparou, assim, depois dele se ter ido embora o Príncipe dizia "eu não cheguei a beijar o Jesus". Então tive que tentar explicar-lhe que o Jesus era o que estava na cruz. Não sei se ele ficou muito convencido...

 

No Domingo à noite lá voltamos para casa e segunda o Príncipe não teve escolinha, por isso e como eu tinha uma reunião marcada de manhã ele teve que ficar com a Madrinha e portou-se lindamente, até dormiu a sesta na cama dos Padrinhos, com o quarto às escuras e sozinho. O meu filhote está um crescido...

 

Na terça-feira, cinco dias depois de estar ausente da escolinha, o acordar não foi fácil, mas ontem, quarta-feira é que as coisas descambaram mesmo, quando o fui acordar começou a chamar pelo pai e a não deixar-me despi-lo, ainda o levei à força para a minha cama, mas continuava insistentemente a chamar pelo pai e a chorar. Eu sinceramente não sabia o que fazer, se havia de lhe dar uma boa palmada ou se devia tentar acalentá-lo, por isso tentei as duas e nenhuma deu resultado. Foi cerca de 20 minutos nisto, até que chegou a carrinha que deveria levá-lo para a escola e ele ainda estava em pijama...a hospedeira da carrinha ainda foi lá a casa, o Príncipe viu-a e a sensação que eu tive foi que ficou super envergonhado. Ela foi-se embora e eu fiquei de ir levá-lo à escolinha, aí já eu estava a deitar fumo pelas orelhas, como devem de imaginar. O que é certo é que ele deve ter ficado de tal maneira envergonhado que a partir daí deixou-me fazer tudo, vestiu num instante e dei-lhe o pequeno-almoço sem qualquer contratempo e no fim, antes de sairmos de casa ele pediu-me desculpa .

 

Quando cheguei à escolinha ele foi logo para junto dos amiguinhos e eu fiquei a falar um pouco com a educadora, que entre outras coisas disse-me que o Príncipe costuma fazer o seguinte comentário: "a minha mamã e o meu papá vão comprar-me uma mana". E não é que o comentário até tem algum fundamento....

 

Bom, o post já vai longo e o tempo não é muito.

Beijinhos Grandes a todos e obrigada pelos vossos comentários.

Sandra

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.