Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Estrelas

O principe e a princesa que vieram iluminar a nossa vida

As Nossas Estrelas

O principe e a princesa que vieram iluminar a nossa vida

30
Set08

O fim-de-semana e...

A Nossa Estrela

...o regresso à escolinha!

 

Este foi mais um fim-de-semana passado com um grupo de amigos, fomos para a zona de Monsaraz...

 

             

 

e do maior lago artificial da Europa. O tempo sábado ainda se aguentou, mas ontem esteve mesmo feio, chuva e até frio. Mas como a companhia era agradável valeu a pena.

 

Não foi dos fins-de-semana em que o Príncipe se portou melhor, posso até dizer que se portou mal. Birras em cima de birras, fiquei quase pelos cabelos.

 

Talvez porque tenha dormido pouco, talvez porque tinha que dividir o espaço com outro menino, o T. que tem menos um ano do que ele, ou até talvez porque não anda a passar uma fase muito boa devido à mudança de escola. São muitos talvez, muitas incógnitas.

 

Tenho um desejo enorme de que ele seja um menino bem comportado e nestes momentos sinto que estou a falhar como mãe, que não o estou a saber educar. Em casa, no dia-a-dia, com as regras normais ele até se comporta bem, mas este fim-de-semana foi para esquecer, quase só me lembro dele a fazer birras e a choramingar.

 

Hoje de manhã, enquanto o acordava e arranjava, lá me ia dizendo que não queria ir para a escola, perguntava-me até porque é que eu tinha escolhido aquela escola, mas lá íamos avançando. No carro as questões continuaram, porque é que aquela escola é tão grande, porque é que tem tantos recreios?

 

Quando chegamos pediu-me para ir buscar o blusão de ganga que tinha ficado esquecido na sexta-feira e não quis que lá ficasse nenhum, pediu-me ainda para o levar ao colo até à porta de saída e ai ele passaria para o colo da N. (auxiliar da sala dele) e ficaria a dizer-me adeus. Assim foi, eu cumpri a minha parte e ele também.

 

Sinto-me um pouco ansiosa e tenho medo de estar a passar esta ansiedade para ele, dou por mim a pensar como será o dia de amanhã, será que vai correr bem? será que não? Sinto uma vontade enorme de ir ter com ele para ver como está, se está mais calmo, mais bem comportado.

 

Será que vou conseguir ser uma boa mãe? Também nunca se ouviu dizer que ser mãe era fácil!

 

Beijinhos e boa semana

Sandra

12 comentários

Comentar post

Pág. 1/2