Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Estrelas

O principe e a princesa que vieram iluminar a nossa vida

As Nossas Estrelas

O principe e a princesa que vieram iluminar a nossa vida

18
Mai08

À procura de...

A Nossa Estrela

... um/a mano/a para o Príncipe, é como nós andamos!

 

 

Sempre foi meu desejo ter mais do que um filho, três era o número que eu mandava para o ar, isto naquela altura em que pensava que esta coisa de engravidar era quando se estalasse os dedos. Engano meu...

 

Como todos, ou quase todos, já devem ter percebido, a gravidez do nosso Príncipe foi resultado de um método de procriação medicamente assistida, isto ao fim de uns longos 7 anos de infertilidade, mas lá conseguimos e hoje somos os papás mais babados do mundo e super-felizes com o Príncipe que temos.

 

Sempre me quiseram fazer crer que depois de ter o primeiro filho tudo iria ser diferente e quando menos esperasse estaria grávida. Nunca acreditei, sempre achei que se não tinha conseguido engravidar naturalmente em sete anos, não era agora que as coisas ião ser mais fáceis. No entanto, desde que saí da maternidade e até hoje, nunca usamos ou tomamos qualquer tipo de contraceptivo e o resultado foi....nada.

 

Nos últimos tempos o Príncipe tem insistido bastante na ideia de ter uma mana (preferencialmente, segundo ele) e tanto eu como o papá também gostávamos muito de ter outro filhote, por isso, e uma vez que já tenho uns quilitos a menos (era um dos motivos pelo qual comecei a fazer a dieta) marquei consulta de infertilidade com o Dr. Joaquim Nunes, no próximo dia 27 de Maio.

 

Uma vez que está fora de questão fazer o tratamento no Hospital de Santa Maria, ou em qualquer hospital público, porque já tenho um filho, terei que o fazer pelo privado, vai custar um bocadinho €€€€€€, mas tem que ser. 

 

Acho que o "timing" é este, o Príncipe já tem três aninhos, eu já tenho 37...e adiar à espera de um milagre só reduz as probabilidades de conseguir um positivo no tratamento.

 

Beijinhos Férteis

Sandra

    

9 comentários

Comentar post